Servidores de Tramandaí realizam protesto no Legislativo

In Região by Denise Coelho

Apesar do projeto de lei que trata da incorporação de FGs não ter retornado para a Câmara de Vereadores de Tramandaí, um grupo de funcionários municipais, representando a categoria, compareceu ao plenário na noite de segunda-feira (17).

Vestidos de preto e segurando cartazes, eles protestaram pelo que propõe a matéria e, também, pela falta de diálogo com os servidores.
“Vamos defender nossos direitos, apoiar os servidores e continuar pressionando o governo para que nos ouça e respeite nossas conquistas”, disse o vice-presidente da Uamtra – União das Associações de Moradores de Tramandaí, Altemir Oliveira. Ele também é administrador do grupo de Whatsapp, A Voz do Servidor, onde o movimento foi organizado.
De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Tramandai, Glauce Knobelock, “ainda não fomos consultados pela administração pública para discutirmos as mudanças que afetam nossa vida profissional.”
O projeto que pretende mudar os prazos para a incorporação dos FGs chegou a ser enviado para a Câmara mas retirado antes de chegar aos gabinetes dos vereadores, que continuam no escuro quanto a matéria.
Segundo a secretária de Administração, Alzira Aguiar, em contato com a redação do jornal Litorâneo, tratava-se de um anteprojeto que continha um artigo a ser alterado e, por isso foi retirado. A secretária informou que os servidores serão chamados através de seus representantes – Sindicato, Associação e Fundão.

Os servidores seguem atentos e tensos quanto as propostas que virão à votação, ainda sem data prevista para entrada no Legislativo.